Pages

domingo

#BlogNemComento - Algumas verdades sobre o conflito na Líbia

[Ué? Os EUA não são contra as ditaduras?]

Engraçado como vemos de uma forma misteriosa nascerem ditaduras que nunca haviam sido divulgadas na mídia. Tantos anos de ditadura e arrecem agora a mídia arrecem faz um grande alarde impulsinando as revoltas? Por que eles não haviam feito isso antes? Por que esperaram tanto?
A resposta é simples: enquanto esses presidentes não são incomôdo aos interesses das grandes potências, ou são coniventes com o imperialismo, eles não precisam ser derrubados, mesmo que seja alguma Monarquia sanguinária das mais teocráticas e absolutistas. Ao contrário, ditadores são bons pra controlar rebeldes que possam prejudicar os interesses das potências caso tomem o poder.
[Kadafi e Berlusconi (par perfeito!)]
Como você vêem nas imagens, Kadafi sempre teve boa diplomacia com as potências imperialistas que hoje invadem o país como a Itália e os EUA por exemplo.
Isso mostra a conivência dos imperialistas franceses, americanos, italianos e britânicos com as piores ditaduras. Essas ditaduras sempre foram convenientes para essas potências. Suas multinacionais eram as que exploram o petróleo entre outros recursos naturais.

Eu, particularmente, sou contra a ditadura de Kadafi, e presto minha solidariedade ao povo Líbio contra esse e todos os ditadores e monarcas da zona.
Também sou contra a invasão criminosa do imperialismo europeu e norte-americano se intrometendo no conflito.
Embora as potências tenham manifestado apoio ao movimento popular, esse apoio é uma forma de garantir que grupos radicais subam ao poder. Essa intromissão imperialista em favor do povo é não é preocupação com direitos humanos, senão já haveriam derrubado-o há muito tempo... Essa intromissão garante que os próximos a chegarem ao poder abram seu mercado, acabem com protecionismos, deixem as multinacionais explorarem o petróleo e riquezas naturais.
Caso o Movimento Popular seja anti-imperialista e nacionalista, Líbia irá se tranformar num novo Iraque, onde o país é invadido para derrubar o ditador, controlar as milícias populares, e instaurar algum governo que mantenha toda a estrutura favorável às potências.

Fora da Líbia imperialistas! E fora Kadafi! O povo Líbio não precisa da ajuda de seus inimigos! Se Kadafi tiver que sair, que saia pelas mãos do próprio povo Líbio. Que as soberanias nacionais sejam respeitadas e todas as nações tenham autonomia para resolver seus negócios internos, sem nações apoiando esse ou aquele lado; afinal, você não entra na casa do seu vizinho para defendê-lo de uma briga com a esposa, não é?




[Kadafi e Sarzosky: antes e depois]
____________________________________________

3 falações!:

Militância Vermelha e Amarela disse...

Cara, sem ofensas, mas eu é que criei essa matéria, vc poderia pelo menos pedir permissão ou sequer colocar a referência da matéria né? Se vc gostou da minha matéria, não se mostre como autor dela.
Aos desinformados, a matéria original: por-tras-dos-fatos.blogspot.com

Michel Chaves disse...

Militância,

1º A matéria publicada foi enviada via email para mim, e sem AUTORIA;

2º Por razões obvias, não saberia que fosse você o autor da mesma;

3º Não é intenção do Blog plagiar nenhuma informação, pois, não ganho nada com isso;

4º Em breve, sua citação será atualizada.

Sem mais.

Militância Vermelha e Amarela disse...

Desculpe se pareci agressivo, eh q pensei q vc tinha plagiado.
Mas sem problemas, afinal, o que importa eh transmitir uma informação verdadeira diferente da imprensa burguesa!
Abraço companheiro!